...

... Se não aprendermos a rir das preocupações, não teremos nada de que rir quando formos velhos...

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

A outra face





Quem parece... pode não ser

22 comentários:

  1. Um boa metáfora visual sobre o que somos:)

    ResponderEliminar
  2. diz-me uma pessoa que queira parecer o que é...

    ResponderEliminar
  3. Felinamiga

    Acabei de publicar na nossa Travessa um testículo com x, INTERDITO a Senhoras, a menores e até a cavalheiros da mais esmerada educação. É um tanto brejeiro e pode ferir a susceptibilidade ou até mesmo o pudor de quem se atreva a lê-lo. Intitula-se A garrafa e os copos. Dele me permito transcrever um passo dos mais inocentes.

    “Ela, muda e febril, deixou-se levar, estendeu-se na cama, ele perguntou-lhe posso pôr-lhe o instrumento, refiro-me, claro, ao termómetro, no sovaco? Nata, sem uma palavra, desatou o nó do cinto do roupão, abriu-o um pouco, a camisa de noite não ocultava nada, quando ele se inclinou para tirar a temperatura, os bicos dos seios fugiam da prisão diáfana.”

    Repito o alerta: é IMPRÓPRIO para consumo. Depois, não digam tu e a tua malta que não avisei.

    Qjs

    ResponderEliminar
  4. Todos vivemos em um grande jogo de máscaras... quem parece com certeza não é nada daquilo!

    Beijos,
    Fá!

    ResponderEliminar
  5. Henrique
    Achas que é pior que o meu texto no meu blog das conversas intimas?

    ResponderEliminar
  6. Will e Fa

    As mascaras fazem me sufocar, às vezes uso por obrigação não por opção, já paguei caro por não usar, principalmente a nivel profissional

    ResponderEliminar
  7. Felina, os teus comentários no meu blogue estão a aparecer como spam. Sabes se há algum problema?

    ResponderEliminar
  8. Mammy

    Deve ser problema da bloger ja aconteceu igual no meu outro blog com os meus comentadores habituais, só tens que dizer que não são spam para entrarem na caixa de comentarios

    ResponderEliminar
  9. "Face"(de Chico César)
    (Elba Ramalho)
    Eu dou a minha face
    Pra bater
    Mas se quiser pode beijar
    Vem dentro de mim
    Vem fora de si
    Meu amor, meu amor
    Vem cá

    Vem dentro de mim
    Vem fora de si
    Meu amor, meu amor
    Vem cá
    Menina você me alucina
    Mas a minha sina é te desejar
    Desejo como o rato
    O queijo como a boca
    O beijo meu amor deseja
    O queijo como rato
    O beijo como a boca

    Desejo meu amor vem cá
    Eu dou a minha face pra bater
    Mas se quiser pode beijar
    Vem dentro de mim
    Vem fora de si
    Meu amor, meu amor
    Vem cá
    Vem dentro de mim
    Vem fora de si
    Meu amor, meu amor vem cá

    Morena vem da minha pena
    Minha amada madalena
    Minha cruz meu ar
    Entenda que amar
    É desejar beijar
    Morena meu amor
    Vem cá!!!!

    ResponderEliminar
  10. Ari

    Entao vieste para aqui seduzir a morena da foto pois...

    ResponderEliminar
  11. ...E por falar nisso; você é morena???

    ResponderEliminar
  12. Ari

    Lamento decepcionar... nao sou morena

    ResponderEliminar
  13. Quem falou em decepção? Quem disse que não curto as louras?

    ResponderEliminar