...

... Se não aprendermos a rir das preocupações, não teremos nada de que rir quando formos velhos...

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Tapar o sol com a peneira...

Toda a gente sabe que é a mais velha profissão do mundo, fala-se muito em trabalho ilegal, mas nunca ninguém se lembra desta exploração, são milhares de euros movimentados à volta desta pratica mas não vejo ninguém a pagar impostos e ainda contribuem para o aumento dos gastos com da segurança social...


Senhores governantes não era já tempo de legalizarem esta pratica? obrigarem estes trabalhadores a pagar os seu impostos? a fazerem visitas regulares aos médicos? isto é um caso de saúde publica...





... estou a falar de quê????





                 ...disto...




Não são os únicos a ganhar dinheiro com o corpo...


Os jogadores de futebol ganham com os pés, os cantores com a garganta, os pintores e escultores com as mãos... e por ai fora...

Embora ninguém queira admitir, não são poucos os que recorrem a estes serviços por variadíssimas razões e cada um sabe de si, se é uma necessidade natural (devia ser encarada como tal) como comer e beber, porque não se deslocar a um estabelecimento como quem recorre a um restaurante ou adega...

E qual o interesse em divulgar algo que todos querem fazer de conta que não existe????

Muito simples... resolver o problema da SIDA e outras doenças sexualmente transmissíveis , quem vender os seus serviços, em vez de ter um diploma devia ser obrigado a ter um certificado de boa saúde e quem recorre a esses serviços ter consigo também esse certificado... vocês sabiam que somos o 4º da Europa com SIDA? assustador não é?

E também poderá resolver o trafico de carne humana, fazendo regularmente visitas aos estabelecimentos como a ASAE faz aos restaurantes.

Prostituição sempre houve e vai haver sempre... claro que se for legalizada já não serão prostituta(o)s mas sim técnica(o)s do prazer.



10 comentários:

  1. Subscrevo em absoluto!
    Onde está o botão "Gosto" desta publicação? ;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh o Face a invadir a blogosfera...


      Beijinho

      Eliminar
  2. Eu próprio, para repor o subsídio de natal estou a pensar seriamente em prostituir-me...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lynce

      Fiquei a saber que és funcionário público... vá tem calma eles dizem que vão devolver... só não sabem quando...

      Eliminar
  3. Tecnicas do prazer, parece-me bem.

    Não 'pesco' nada de italiano, mas gostei da sveltina e due signorime insiema, como será inbaixo?, será mais oneroso?

    ResponderEliminar
  4. e depois fazer como na alemanha!
    cortar o subsidio de desemprego a uma mulher que recusou ocupar uma vaga nesse ramo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vicio

      Claro e ao homem também, sim porque isto da igualdade funciona para os dois lados

      Eliminar
  5. Pensei que ia rir com mais um post teu, mas não.

    "ter um certificado de boa saúde "

    Concordo com todas as miadelas que deste neste teu post. Pessoalmente o que fala mais alto é o facto de sermos sempre os últimos a prestar atenção a determinados assuntos. Outros países já legalizaram as casas de meninas. E desde já digo que é ( quando se gosta) uma profissão como outra qualquer.

    Não sei se alguma vez viste na SIC RADICAL o Bunny qualquer coisa :/ onde as meninas assumem que gostam realmente do que fazem, claro que o dinheirinho é muito importante e NÃO quero comparar estas meninas que têm todas as regalias possíveis e imagináveis com as nossas meninas que andam aí pelas esquinas da cidade . Não acredito que essas gostem de apanhar chuva ou pior, apanhar um cliente que as vai cortar em pedaços.
    Legalizar casas onde se pratica a venda do corpo seria uma medida por demais correta para ser tomada por politicos como os nossos.
    Enfim....

    Mais festinhas lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alien

      É o que eu digo... estão a tapar o sol com a peneira...


      Que bom mais festinhas tuas :) as saudades eram mesmo muitas

      Eliminar